Publicado em 26/04/2019 às 22h14 | 941 visualizações | |

Luciano Huck faz gravações em Tefé e fãs aproveitam para conhecer de perto o apresentador global

 

 

 

O apresentador de televisão Luciano Huck desembarcou em Tefé nesta quinta-feira (25). A visita ao município foi para a gravação de mais um quadro para seu programa semanal, Caldeirão do Huck, que vai ao ar todos os sábados pela Rede Globo de televisão.  O apresentador veio acompanhar o trabalho de um navio hospitalar da Marinha do Brasil na comunidade de Porto Nazareno.

 

Na área aeroportuária de Tefé, Huck fez fotos com os fãs e conversou com algumas pessoas. No Mamirauá ele recebeu um Kit dos vinte anos da instituição.

O apresentador esteve também em Alvarães, na comunidade de Laranjal.

Não se sabe quando a matéria será exibida.

Sobre o navio:

Missão e atividades desenvolvidas pelo Navio de Assistência Hospitalar Dr. Montenegro

Os Navios de Assistência Hospitalar (NAsH) têm por missão realizar atendimentos médicos e odontológicos nos “Pólos de Saúde”, por meio das Operações de Assistência Hospitalar (ASSHOP) às populações ribeirinhas, a fim de implantar uma mentalidade de saúde e cuidados de higiene, além de manter uma vigilância epidemiológica e combater endemias. As operações assistenciais na região amazônica tiveram início em 1984.

Os Navios prestam atendimento às populações ribeirinhas por ocasião de suas passagens pelas localidades. A cinemática, para tal atendimento, é feita de acordo com a programação estabelecida pelo Comando do 9º Distrito Naval e pelo Comando da Flotilha do Amazonas. A bordo, há uma equipe de saúde que atua nas áreas médica e odontológica, podendo realizar exames laboratoriais de análises clínicas, dermatológicos e radiológicos, além de partos vaginais, pequenas cirurgias, tratamento odontológico e vacinação em larga escala.

Com a parceria entre a Marinha do Brasil e o Ministério da Saúde, promove-se, a cada ano, atendimento aos seguintes “Pólos de Saúde”: Amazonas / Tapajós / Trombetas / Nhamundá / Paraná do Ramos; Juruá “A”; Juruá “B”; Juruá “C”-Acre; Madeira; Negro / Branco; Purus “A”; Purus “B”; Purus “C”-Acre; Solimões “A” / Japurá / Aranapú / Auti-Paraná / Paraná do Copeá; Solimões “B” / Iça / Javari; e Xingú / Jarí / Marajó / Tocantins.

Além do acima exposto, o NAsH Doutor Montenegro, especificamente, de acordo com o contrato de cessão de uso assinado entre a Marinha do Brasil e o Estado do Estado do Acre, realiza às ações de assistência à saúde das populações ribeirinhas, da região Amazônica, em especial ao Estado do Acre. A primeira comissão ao Estado do Acre durou 4 meses e foi denominada de Comissão Acre I, na qual o Navio foi até Marechal Thaumaturgo, quase fronteira com o Peru. Desde então, esta comissão é realizada nos mesmos moldes, sempre aproveitando o período de cheias do rio Juruá, que é de novembro até maio.

 

 

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Geral