Curta a nossa página
Tefe
+31°C
30/05 19h04 2017 Você está aqui: Home / Local Imprimir postagem

Luiz Castro cobra punição ao marido que ateou fogo à esposa em Tefé

O deputado estadual Luiz Castro (REDE) manifestou repúdio à violência contra a mulher, durante pronunciamento no Pequeno Expediente desta terça-feira (30) reprovando o ato de violência doméstica ocorrido em Tefé (a 523 km em linha reta de Manaus) em que a professora Maria Lídia França de Araújo teve 90% do seu corpo queimado em agressão do próprio companheiro, Joaby Evangelista e faleceu na última segunda-feira (29).

O deputado afirmou que o crime não pode ficar impune. “Foi um crime triste e absurdo. Ela foi barbaramente agredida pelo então companheiro – se é que podemos chamar de companheiro um crápula que jogou gasolina e queimou o corpo dela inteiro, isso, inclusive, na frente do filho dela. Este crime não pode ficar impune, um crime covarde”, afirmou.

Lava-jato

No cenário político, Castro alertou a população para a articulação de grupos políticos para ‘barrar’ as investigações da Operação Lava Jato. “O povo brasileiro tem de prestar muita atenção porque lá em Brasília tem um grupo urdindo um movimento para impedir o prosseguimento da operação lava-jato, inclusive aproveitando a mudança do procurador-geral da República, Rodrigo Janot,  em setembro próximo”, afirmou.

 

Fonte: Assessoria do deputado


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.