Curta a nossa página
Tefe
+31°C
14/03 12h38 2017 Você está aqui: Home / Santo Antônio do Içá Raifran Brandão Imprimir postagem

Santo Antônio do Içá comemora 61 anos de emancipação

 

Por Pedro Pontes

Correspondente de Santo Antônio do Içá

A população do município de Santo Antônio do Içá comemorou ontem, dia 13/03, os 61 anos de emancipação do município, mas os relatos históricos sobre o povoamento são bem mais antigos.

Tudo começa com o desejo da Coroa portuguesa de se fazer mais presente nos territórios conquistados, levando ao estabelecimento de um novo elemento no processo de colonização - as fortificações, as quais, o propósito extrapolava a incumbência de proteção do território, pois associado a elas surgiram as primeiras instalações urbanas, para onde a coroa portuguesa enviava colonos e onde foram estabelecidas estruturas de controle administrativo político, jurídico e econômico.

No período referente à metade do século XVII e XVIII, a implantação de fortins e aldeias missionárias se expande pelas margens do rio Amazonas e afluentes. Esses pequenos aldeamentos foram fundamentais para legitimar o domínio português sobre o território.

Entre 1774 e 1775 Francisco Xavier Ribeiro Sampaio (ouvidor Sampaio) percorreu os rios da Capitania de São José Rio Negro fazendo registros geográficos, históricos e étnicos. Em seu diário ele descreve que os castelhanos (espanhóis) haviam fundado um pequeno povoado (posto militar) na boca do Içá para tratar junto aos portugueses da demarcação de limites, em 1766 o posto foi abandonado. Ao saber do ocorrido, o governador do estado Capitão General Fernando da Costa de Ataíde Teive deu ordem para que se funda a povoação de São Fernando.

O ouvidor descreve a povoação da seguinte forma:

“Está esta povoação situada na margem septentrional do Amazonas, mas próxima à barra do Içá. É tal a elevação do terreno, que cansa a subida; porem no alto do outeiro é planíssimo. Pelo oriente a banha o riacho Itáqui, do poente lhe fica o rio Içá. A natureza das suas terras mostra fertilidade. Formou-se esta útil, e necessária povoação no ano de 1768, compondo-se dos índios das duas referidas nações Cayuvicénas, e Pariána descidos do Tonatí. Entrei nas suas casas, onde observei a abundaneia, com que vivem: estando cheios de farinhas, frutas, peixes; notando especialmente os moquens cheios de jacarés, ou crocodilos, que para eles é um bocado estimado”.

No século seguinte, outros registros históricos já dão conta da existência de Santo Antônio do Içá e da não mais existência do povoado de São Fernando. O roteiro da primeira viagem do “Vapor Monarca” registra em 19 março de 1854 sua chegada ao porto de Santo Antônio.

“Fundeamos no porto de Santo Antônio do Içá, 6 léguas acima da foz do rio Tonantins, situado à margem esquerda do rio Solimões. S. Exª. Desembarcou para visitar este posto militar, que contém 8 casas cobertas de palha, incluída n’este número a da residência do Comandante do Destacamento, que é atualmente um Alteres reformado, e a que serve de Quartel. Além dos soldados, habitam n’este lugar, cujo antigo nome era – Bôa-Vista-, e não Santo Antônio do Içá, cerca de 50 pessoas. O local é alto, e aprazível; mas para o fim á que o Destacamento é destinado -a Guarda do rio Içá-, de cuja foz dista duas milhas”.

Como é possível perceber, a localização geográfica de Santo Antônio do Içá é estratégica. Sua posição na foz do Rio Içá foi fundamental para legitimar o domínio português sobre a região. Para além dos 61 anos celebrado, é necessário chamar atenção para sua rica e bela história antecedente ao período de criação do município.

Parabéns, Santo Antônio do Içá! A cidade que tanto amamos está em festa, completando 61 anos.

Fonte:

SAMPAIO, F.X. R de. Diário da viagem que em visita, e correição das povoações da capitania de S. Jose do Rio Negro fez o ouvidor e intendente geral da mesma Francisco Xavier Ribeiro de Sampaio no anno de 1774 e 1775;[...]. Lisboa. Typografia da Academia.1825

WILKENS DE MATTOS, J. (1855), “Roteiro da primeira viagem do vapor ‘Monarca’ em 1854”, relatório do 11de março de 1855.

 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.